1 de ago de 2010

Aprenda a Escutar


Não há delícia maior do que perceber alguém nos escutando, com toda a atenção. É um prazer encontrar uma pessoa que acompanhe cada palavra do que estamos dizendo e é capaz de nos compreender – com todo o coração. Se é bom ser escutado, também é ótimo escutar, estar disponível para o outro, com toda a tranqüilidade. “Não é bastante ter ouvidos para ouvir o que é dito. É preciso também que haja silêncio dentro da alma”, escreveu o poeta português Fernando Pessoa sob o pseudônimo de Alberto Caiero.


É isso – silêncio dentro da alma. Não dá para escutar ninguém se os pensamentos estão nos atropelando sem cessar, se estamos pensando no que temos de fazer daqui a pouco. É preciso estar calmo, aberto, atento ao momento presente para poder ouvir com atenção. “Escutar é uma experiência transformadora. É testemunhar a existência”, diz o psicólogo e professor paulista Miguel Perosa. Ele garante que aprendemos muito sobre nós mesmos ao ouvir os outros. “É uma forma de nos aproximarmos da nossa alma. No fundo, as necessidades e buscas humanas são muito parecidas em sua essência”, concorda Silvana Lancia Osti, também psicóloga de São Paulo.


Algumas pessoas percebem claramente a vantagem de escutar. “Quando a gente ouve alguém com atenção, dá o sinal verde para a pessoa se abrir. A relação de troca que se forma então é muito mais rica e profunda”, garante o publicitário paulista Fernando Montessanto.

Nenhum comentário: